quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

HOG coração e a alma dos apaixonados pela Harley Davidson no coração da capital dos Emirados Árabes Unidos sob o comando da primeira mulher do país a completar um rally de 2500 km


HOG coração e a alma dos apaixonados pela Harley Davidson no coração da capital dos Emirados Árabes Unidos sob o comando da primeira mulher do país a completar um rally de 2500 km
Reportagem Claudia Terra
Fotos e videos HOG e LOH
O HOG Abu Dhabi tem como diretora a motociclista Gabrielle Bou Rached Assaf, missão que ela assumiu este ano.  Ela é motociclista desde 2015, mas realmente ama o que faz e roda com alegria, fazendo belas histórias a bordo de sua Harley: “eu fiz os desafios King of the Road e Iron Butt no meu primeiro ano de pilotagem. O primeiro desafio foi de rodar 2500 km em 36 horas de pilotagem contínua (alcançado em 33 horas. Isso foi para mim o mais difícil, pois exigiu que eu ficasse acordado, na moto por 33 horas. Um amigo meu, Jorge Muller, que atualmente é o secretário do nosso Comitê HOG, completou o desafio comigo. As primeiras 18 horas foram fáceis, mas quando nos aproximamos das horas do nascer do sol, da manhã seguinte, meu corpo começou a se desligar. Depois de uma pausa, quando o sol nasceu, novamente a energia voltou e fomos capazes de continuar. Tenho orgulho de ser a primeira motociclista feminina no Oriente Médio a completar esse desafio.O segundo desafio, 2500 KM em 24 horas foi completado com 3 amigos. Era mais exigente fisicamente do que o primeiro, pois precisávamos nos esforçar mais, rodar mais rápido e fazer pausas para podermos terminar dentro do tempo necessário, fazendo de nós os primeiros motociclistas no Oriente Médio a completar esse desafio”, lembra Gabrielle Bou Rached Assaf, Diretora do HOG.

Matéria completa no  Site da  Revista Moto Adventure
















segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Viagem um motociclista libanês (Mohamad Zantout) para Sturgis Motorcycle Rally, nos USA, um dos maiores eventos bikers do planeta!

 Viagem um motociclista libanês (Mohamad Zantout) para Sturgis Motorcycle Rally, nos USA, um dos maiores eventos bikers do planeta!

Matéria Claudia Terra

Fotos  e vídeos Mohamad Zantout

Motociclista libanês, que atualmente mora no Qatar, louco por Harley, foi este ano para o um dos mais queridos eventos motociclísticos dos Estados Unidos para rodar de Harley com amigos neste ano de celebrações dos 115 anos de fundação da moto americana  mais querida do planeta para muitos motociclistas.
“Neste ano fui para Sturgis, foi incrível! A duração do tempo de viagem do Qatar foi de 13 horas de voo para Chicago. A pós isso, visitamos o Museu da Harley Davidson, em Milwaukee e foi fantástico. Você pode ver a história de 115 anos sob o mesmo teto. Depois disso eu fui para Denver e comecei a jornada rodando de moto. Eu usei uma Electra Glide. Dentro dos USA eu rodei de moto por 8 dias, passando por belas estradas com muitas curvas em áreas com paisagens verdes e grandes florestas. Nós também acampamos e passeamos por muitas atrações em Dakota do Sul. Visitamos lugares como: Black Hills, Iron Mountain, Crazy Horse, Mount Rushmore, Demons Tower e  Canyon. Em Sturgis havia muitos acampamentos, pessoalmente eu gostei dessa experiência. No camping havia água quente a qualquer hora durante o dia, banheiros limpos, lavanderia e vizinhos agradáveis. Muito acolhedor! Muita diversão à noite.












HOG Chapter Riyadh-Arábia Saudita- Promovendo união e alegria entre todos os motociclistas


HOG Chapter Riyadh-Arábia Saudita- Promovendo união e alegria entre todos os motociclistas
Reportagem Claudia Terra
Fotos e vídeo HOG
 A Harley Davidson está desde 1998 na Arábia Saudita, em Dhahran, e atualmente está presente em algumas cidades como Riyadh, Jeddah, Dhahran e Jubail. O HOG (Harley Owners Group) Riyadh começou em 2004, com a chegada da Harley Davidson na cidade para alegria de muitos motociclistas. O número de membros sempre crescente e atualmente há mais de 200 membros. O LOH (Ladies of Harley) tem 15 mulheres membros, que participam de um grande número de eventos, como palestras de segurança ou eventos familiares e, geralmente, eventos familiares organizados pelas mulheres. Oficialmente as mulheres conquistaram este ano o direto de dirigirem carros e motocicletas, isso foi muito celebrado por o país, elas também ganharam o direto de  irem a  estádios de futebol e outras  muitas conquistas estão vindo, para uma país que esta a cada dia se modernizando: “2018 é um ano novo para as mulheres, pois conquistaram o direto de dirigirem carros e motos. Elas podem retirar uma licença no Departamento de Polícia de Trânsito. E se elas têm uma licença não há nada que as impedem de dirigir”, explica Ehab  Alibrahem, Membership Officer e Lead Road Captain do HOG e Comandante da Migração e várias funções no grupo.


Matéria completa no site da Revista Moto Adventure














Gostou deste blog? Espalhe pela rede! Compartilhe-o! Valeu!!!

Share |